15 de março de 2017

Textual description of firstImageUrl

Misael Santana, filho do pastor Abílio Santana, nega-se a pregar por R$ 500

Oferta de Misael Santana

O pastor Misael Santana, filho do pastor Abílio Santana (da Assembleia de Deus, em Salvador, na Bahia), é um jovem pregador pentecostal. Ele já é bastante procurado para participar de cultos e eventos evangélicos em vários lugares do Brasil. É costume que os pregadores recebam uma oferta das igrejas (ou congregações) as quais vão pregar. O valor da oferta deve considerar o custo com passagens e hospedagem.

Uma curiosidade é que o "staff" (ou seja, a equipe do pastor) diz que R$ 500,00 é um valor baixo para oferta. O valor padrão parece ser R$ 2.000,00 reais. Além desse valor, deve-se pagar também as passagens e hospedagem...

As imagens abaixo são os "prints" da conversa entre o produtor do pastor e um contratante. Eles estavam tratando dos valores para que o pastor pudesse comparecer a um evento de uma igreja. Clique nessas imagens para aumentá-las e ler os diálogos.





logoblog

5 comentários:

  1. Poxa... esses caras tem a coragem de cobrar por aquilo que receberam de graça... lastimável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso eu, que Deus não pode estar de acordo com essa obra. Isso vai de encontro a todos os ensinem tos de Cristo. Sinto nojo desse falso evangelho. Voltemos a simplicidade do evangelho genuíno de Cristo. Poucos, muito poucos serão escolhidos.

      Excluir
  2. Paz do senhor Jesus Cristo, isso aí hoje o nome de Jesus virou comércio mais aquele dia vai chegar quando tivermos de comparecer na presença de Jesus Cristo, aí veremos a diferença entre o justo e o injusto não cabe a mim jogar pois temos um justo juiz.Pra finalizar esse comentário qual é o valor de uma alma.

    ResponderExcluir
  3. E "VENDA CASADA" da atração ainda por cima. O cara tá chamando o pastor, mas a esposa cantora tem q ir junto...

    ResponderExcluir
  4. Se os líderes das igrejas começassem a dar oportunidade aos seus membros para levar uma palavra nos cultos e orienta-los ao invés de dar oportunidade a mercenários que roubam dos necessitados , tudo seria diferente.
    De graça recebeis, de graça daí.
    Mas esses mercenários usam a persuasão e a oratória para enganar e tirar dinheiro da igreja.
    Essa atitude de cobrar para pregar vai contra o que Cristo ensinou e também contra o que os apóstolos nos orientaram através da palavra.
    Que Deus tenha misericórdia desses mercenários.

    ResponderExcluir