29 de março de 2017

Textual description of firstImageUrl

Jorge Picciani, presidente da Alerj, é alvo de condução coercitiva

Jorge Picciani alvo de condução coercitiva

Neste dia, o deputado estadual Jorge Picciani (foto) é alvo de condução coercitiva, em razão da operação "Quinto do Ouro" da Polícia Federal. Picciani é presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e pai do atual ministro dos Esportes, Leonardo Picciani. Era um dos principais aliados do ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. Picciani é integrante do PMDB-RJ.

Esta investigação é importante porque ameaça o "status" de quase toda a cúpula dos mandatários cariocas. Pode gerar prisões de membros dos três poderes, além do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ). Este tribunal tem função fiscalizadora e faz aprovação das contas públicas do governo. Quase todos os membros deste tribunal foram presos preventivamente.

Durante as campanhas eleitorais, Picciani pedia votos em igrejas e se dizia "cristão". Agora, terá que explicar os seus pecados perante os juízes. Àqueles que defendem a ideia de que "toda a autoridade é levantada por Deus" devem estar atentos aos candidatos (indicados por líderes religiosos) na próxima eleição.
logoblog

Nenhum comentário:

Postar um comentário